terça-feira, 22 de julho de 2008

CONSELHO APROVA ACORDO COM RESSALVAS



O SEMPRE BAHIA esteve presente na Reunião do Conselho Deliberativo do Esporte Clube Bahia, ontem à noite, e divulga para a grande NAÇÃO TRICOLOR, em primeira mão, o resultado da alteração do Estatuto. O ACORDO feito entre os dirigentes tricolores e a BAMOR/ POVÃO não foi aprovado em sua totalidade, ficando pendências para serem discutidas posteriormente. No ACORDO era previsto que o Sócio-Contribuinte pagaria uma taxa mensal no valor de R$ 20,00 com 1 ano de carência para poder votar para presidente, mas por incentivo de Paulo Maracajá, que quer R$ 25,00 com carência de 2 anos, o Conselho não aprovou esses itens.

Na reunião, foi discutido também o futuro da Sede de Praia do clube, considerada um verdadeiro "elefante branco". Ficou decidido que a mesma deverá ser vendida e uma comissão foi criada para tentar viabilizar à venda do imóvel, procurando interessados na compra.

É importante destacar a presença da REVOLUÇÃO TRICOLOR na Reunião do Conselho que, através do diálogo, conseguiu convencer dirigentes e conselheiros a deixarem o GRUPO assistir a votação. Vale ressaltar que, do grupo de "oposição" responsável pela elaboração do ACORDO, o único presente foi o Advogado Ademir Ismerim, sendo que as Torcidas Organizadas Bamor e Povão não se fizeram presentes, nem através de seus diretores...

21 comentários:

Anônimo disse...

Lamentável a ausência dos diretores das torcidas organizadas. Disto se deduz que eles estão satisfeitos com os 1000 ingressos?

Fábio Domingues disse...

Euclides, joguei seu post nos dois blogs (baheaminhaporra e revolucao). Coloquei link pra cá também. Tudo certo?

Augusto ( FBDC ) disse...

É muito claro a participação dos diretores da Bamor e da Povão nesse processo de mudança de estatuto, eles receberam seu cala boca e se acovardaram mais uma vez.Por essas e outras que o nosso clube não vai p frente. Volto a repetir em minha opinião esses caras n representam a torcida do bahia, apenas lideram um grupo de torcedores apaixonados do qual retiram um valor significativo dos mesmos.Ou seja o que está em questão é o valor, o quanto será arrecadado com essa história no sentido individual, o coletivo já n existe no dicionário desses cidadãos. A diretoria cada vez mais se fortalece pois a ¨oposição¨dependendo do valor pedido vira ¨situação¨.A torcida do Bahia não é a Bamor nem a povão q se vendem por qualquer coisa.Precisamos nos unir com a revolução tricolor, q é um grupo sério, com pessoas realmente qualificadas e embuídas nas melhorias da instituição e não de seus bolsos.
Parabéns semprebahia mais uma vez!!!

Anônimo disse...

concordo com vc augusto!!! torcidas q se curvam por merdas de ingressos!! temos q democratizar e profissionalizar o clube p/ q o nosso Bahia volte a ser grande!
Igor

Euclides Almeida disse...

Maurício,
Acho que a torcida do Bahia, em geral, é muito acomodada. Ontem, deveriam estar presentes, no mínimo 100 torcedores, independente de torcida organizada ou não...

Fábio,
Tudo Certo!

Augusto,
Como sempre muito lúcido e crítico. Parabéns pelos comentários. Voce tem o perfil para ajudar o Grupo REVOLUÇÃO TRICOLOR.

Igor,
A democratização começou...devagar, mas começou... vamos ver agora a participação da torcida...

Fábio disse...

Eu não vejo com bons olhos essas torcidas organizadas, nunca entendi muito bem isso. Eu ia para a Fonte Nova e me perguntava o que levava aqueles caras a ficarem de costas pro campo, enquanto o seu time jogava, mas cada um tem a sua forma de torcer, eu gostava de ver o Bahia, eles preferiam admirar a torcida. Acho que a espontaneidadede do torcedor deve ser preservada, quando ele começa a gritar o nome de uma torcida ao invés do nome do time, fico incomodado. Quando ele passa a agir como um robô, subordinado a comandos determinados por um superior, fica com cara de funcionário e repito, torcer tem que ser um ato espontâneo, sou contra distribuição de ingressos ou qualquer ato que tire a independência do cidadão, por isso espero que a Revolução Tricolor continue com esse propósito, não conheço bem o movimento(pretendo conhecer), mas pelo que vejo aqui, é um grupo totalmente diferente dos demais, pois as posições são sempre sensatas e emitidas de uma forma respeitosa, visando o bem do nosso Bahia, é assim que tem que ser, não há mais espaço pra baderneiro, pra gritos de guerra; me desculpem, mas o que eu via era bandidagem organizada e o efeito pode até ser bonito, no entanto, ao meu ver, é nocivo ao futebol.
Por essas e outras, não me senti representado no tal acordo e, como não podia deixar de ser, não fiquei satisfeito com o resultado de ontem, ainda mais com o possível aumento da carência, por mim esses caras saíam hoje.

Euclides Almeida disse...

Fábio,
Obrigado pela participação.

lui disse...

Euclides,

Quero parabenizá-lo de público pela sua fotografia da reunião, como lhe falei pelo telefone, comungo com suas idéias e bons propósitos com o nosso glorioso clube e aproveito para lhe solicitar que divulgue a nossa proxima reunião do "Revolução Tricolor" para que haja a maior quantidade de tricolores possível presentes a fim de que possamos definir as futuras ações do grupo em virtude da próxima reunião de Assembléia que o clube realizará dia 28.07.08.
Um abraço,
Moura

Pedro Cordier disse...

Nais um assunto polêmico à vista... essa venda da sede terá de ser acompanhada de perto para esse dinheiro não virar fumaça...

Não sou contra a venda, mas sou a favor de uma venda para ser aplicada em algo de concreto!

SEM UM PLANEJAMENTO DE ONDE, COMO E QUANDO SERÁ APLICADO ESSA VERBA, O BAHIA CAIRÁ EM MAIS UM CONTO DO VIRGÍLIO, OPS... DO VIGÁRIO...

Euclides Almeida disse...

Valeu Moura,
Obrigado pelas palavras e, quanto à divulgação, vamos fazer sim.

Euclides Almeida disse...

Pedro,
Penso como voce. Tem que vender, pois aquilo lá está um completo abandono. O problema é o que vai ser feito do dinheiro...

Silvano semprebahia disse...

Nobres tricolores, a torcida do Bahia nesse momento tem que se unir, haja visto que essas torcidas que se dizem organizadas, pensem somente em seus interesses. O caminho é esse meu velho, e perceba que o nosso Amado Bahia vem encolhendo a cada ano, temos que ser honestos e admitir que a nossa apaixonada torcida é muito omissa, acomodada pra caramba!

Bahia até após o desencarne...
Silvano Rios

Dalmo Carrera disse...

Euclides, se você não vai a essa reunião todo mundo ia ficar boiando sem saber o que aconteceu e se aconteceu, afinal o site oficial do clube nem THUNMMM para o assunto, os sites das torcidas envolvidas simplesmente ignoram o tema. 0 Máximo que encontra além das suas informações é que a sede pode ser vendida e coisa e tal quando a questão principal ficou para depois, sei como isto, é hoje, é amanha, e será nunca, tá rebocado essa negócio está me cheirando a uma grande maracutaia.

Quanto a sede me perdoe o meu querido amigo Maurício Guimarães, acho que ela deveria ser ofertada a quem desejasse.

Vini disse...

nobre primo, penso que você se sairia muito bem sendo presidente do Baêa... por que não começar a matutar essa ideia... ?

Anônimo disse...

A ausência desses diretores mostra o quanto amam o EC Bania. Será mesmo que ele possuem o poder de representar toda a nação tricolor, como ele pensam que representam? Acho que nós que amamos de verdade esse clube não podemos permitir que estas criaturas continuem avacalhando o nome da Nação Tricolor se dizendo de oposição, quando na verdade sempre apoiaram as decisões dos que estão hoje no poder do EC Bahia. Os ingressos e vantagens recebidas para os jogos é o que interessa a essas pessoas. Isso é uma vergonha. Chega de safadeza!

Euclides Almeida disse...

Silvano,
Somos todos acomodados, eu mesmo sempre fui. Reclamava aos quatro ventos, mas não fazia nada de concreto. Agora que estou tentando fazer alguma coisa...

Euclides Almeida disse...

Dalmo,
Eu fui para a Reunião graças à iniciativa do grupo Revolução Tricolor (Eu e mais umas 20 pessoas) e, aproveitei para cobrir o evento pelo SEMPRE BAHIA...e informar a todos que não puderam ir.
Voce tem razão, ninguém noticiou...nenhum jornal, nem o site oficial, só o Bahia Notícias deu uma nota...

Euclides Almeida disse...

Primo Vini,
Acho que todos nós, verdadeiros torcedores do Bahia, poderíamos fazer melhor do que os atuais e arcaicos dirigentes...mas, de qualquer forma, obrigado pelas palavras...

Euclides Almeida disse...

Anônimo,
Eu não quero entrar no mérito da questão, não quero criticar diretamente essa ou aquela pessoa, mas que eu estranhei a ausência dos mentores do acordo, isso eu estranhei sim...

Anônimo disse...

consta no portal esportivo que foi quebrado o sigilo bancario e telefonico de MARACAJÁ.A imprensa toda fica calada,cada vez mais me convenço que estamos num FEUDO!!
dIVULGUEM, COMENTEM, A HORA DELE ESTÁ CHEGANDO!!
fORA carrapato!!

Euclides Almeida disse...

Anônimo,
Já está no ar...um link para a matéria de A TARDE.
Obrigado!