terça-feira, 14 de abril de 2009

BORA BAHÊA COM NOVO PREÇO



O BORA BAHÊA (antigo ONDA TRICOLOR), plano para transformar o torcedor em "Sócio de Estádio", elaborado pelo novo Departamento de Marketing do Bahia, está com novo preço: R$ 555,00, que pode ser pago em até 9 vezes no Hipercard ou em até 6 vezes em outros cartões de crédito. Para quem quiser comprar à vista, o preço é de R$ 510,00.

O Plano está sendo vendido na Sede de Praia da Boca do Rio.
Maiores informações: (71) 3461-5954

Segundo informações extra-oficiais, já se associaram mais de 1.700 torcedores

Quem aderir ao Programa de Vantagens terá direito a assistir a todos os jogos do tricolor em PituAÇO, até o final do ano de 2009. Além disso, ganhará uma camisa oficial do time e participará de diversas promoções desenvolvidas pelo clube ao longo da temporada.

ATENÇÃO: vale a pena chamar atenção para o fato de que "Todos os planos de adesão do Programa Bora Bahêa NÃO dão direito de votar ou ser votado em qualquer eleição do Esporte Clube Bahia." (artigo 24 do regulamento do Bora Bahêa).

Para que o torcedor não perca tempo fazendo contas sobre a vantagem de aderir ao plano, basta conferir as informações abaixo:

Serão realizadas 20 partidas em PituAÇO até dezembro de 2009 (no mínimo).
- Ainda resta pelo menos mais 1 jogo do Bahia em casa pela fase semifinal do Campeonato Baiano: Bahia x Fluminense = R$ 30,00
- Pela Copa do Brasil, não existe a garantia de mais nenhuma partida...
- Pelo Brasileirão da Série B, o tricolor disputará 19 jogos em seus domínios:
19 x R$ 30,00 = R$ 570,00
VALOR TOTAL: R$ 600,00

Se somarmos ainda o valor da camisa oficial (cerca de R$ 140,00) que o torcedor recebe como brinde, a soma TOTAL chegará a R$ 740,00...

OBSERVAÇÂO: Se o Bahia se classificar para a FINAL DO BAIANÃO e seguir em frente na COPA DO BRASIL, o associado levará mais vantagens ainda...

16 comentários:

Anônimo disse...

ENQUANTO NÃO LANÇAREM PLANO DE ADESÃO QUE PROPORCIONE O DIREITO DE VOTO NÃO ME ASSOCIO....CHEGA DE ENROLAÇÃO E DERESPEITO COM O TORCEDOR DO BAHIA....

MÔNICA

Anônimo disse...

é isso mesmo monica, bem lembrado.
e parabens ao sempore bahia por chamar atenção para esse fato, alguns podiam pensar que dá direito a voto pra presidente

natamaster disse...

Me associei ao plano e não me arrependo, já tirei o dinheiro fora a camisa oficial. Quanto ao direito de voto em brave ira rolar.

Anônimo disse...

Vcs tem certeza que os ingressos da serie b custaram 30 reais?

Quem passou essa informação pra vcs?

Eu soube que seria 20 reais

Marcão Tricolor disse...

Estava lendo a entrevista de Marcelo Guimarães Filho e alguns trecho me chamaram atenção:

A que se deveu a saída de Gilberto Bastos da vice-presidência do clube, cargo que ainda não havia sido criado, mas que o deixava como membro da diretoria?


M.G.F – Todo mundo tem seu modo de agir, de pensar e infelizmente o Gilberto resolveu sair. Tive uma conversa com ele numa boa, mantivemos nosso nível de relacionamento, que sempre foi muito bom, e ele sabe que quando quiser me ligar, voltar a ajudar o clube, as portas estão abertas. Agora, prefiro não entrar em detalhes e deixo a carga do Gilberto fazer isso, se ele quiser também, mas tenha certeza que a saída dele não tem nada a ver com o presidente. A vida segue e o clube não pode parar mesmo com a saída dele. Continuamos nos fortalecendo nos bastidores. Temos conversado bastante com Reub Celestino, Fernando Passos, Fernando Jorge, que têm nos ajudado muito. Sempre falei que queria unir o clube, não acredito em oposição ferrenha no Bahia, já que todos querem um único objetivo, que é o fortalecimento do clube. Vamos continuar trabalhando para unir o máximo de pessoas em torno do ideal de um Bahia forte. Estamos abertos a conselhos, dicas e todo tipo de ajuda.

Marcão Tricolor disse...

Outro trecho:


Mudando um pouco de assunto, informações de bastidores dão conta de que haveria uma recomendação do senhor para que ninguém da diretoria e o próprio assessor de imprensa, Jayme Brandão, fale com a equipe de esportes da Itapoan FM, comandada por Zé Eduardo (Bocão) e Márcio Martins, devido às críticas feitas à sua administração. Realmente existe esse boicote?


M.G.F – Não, não existe nada disso! Sempre estou à disposição da imprensa para esclarecer as coisas do Bahia. Mas acho que realmente tem alguns setores que estão exagerando nas críticas e batendo sempre na mesma tecla, usando um tipo de pressão que não existe. Acho que sempre é saudável manter uma relação de respeito com a imprensa e sempre espero que a recíproca seja verdadeira. Eu estou no mundo político há algum tempo e sei lidar bem com as cobranças, não tem problema nenhum.

Anônimo disse...

Eu quero votar também.

E estou esperando seu MGF cumprir suas promessas desde o período jurássico.

Mônica disse...

Bom, a Mônica do primeiro post aqui publicado não sou eu, ok?
Quero frisar algo que vai de encontro à maioria esmagadora dos torcedores tricolores, que como eu, também quer ver um time à altura da torcida que tem. NÃO ACHO FUNDAMENTAL ELEIÇÕES DIRETAS... Não acho mesmo!!! Um exemplo básico: O São Paulo F.C. é um time estruturado, organizado, referência como sabemos. E a política do clube não se aplica eleições diretas para presidente. E aí? Falando do nosso assunto aqui, o nosso Bahia, ainda não estou sendo tão rigorosa na crítica pq entendo que o clube tem inúmeras dificuldades para dar conta dos seus compromissos, e acho que está indo até agora MUITO BEM sim senhor. O clube veio de um ano (2008) sem estádio para jogar, e por causa disso, só o fato de permanecer na série B já foi um grande feito diante de todas as dificuldades. O objetivo é subir para a série A este ano. O título bahiano pra mim seria LUCRO... Claro que acredito nele, mas isso não acontecendo, tô fechada com a diretoria e com Marcelinho.
Acho o Bora Bahêa um excelente programa de vantagens para o torcedor de maior poder aquisitivo. Estou de acordo!
Enfim... Bjo a todos!

Jeremias Cerqueira disse...

Parabéns Mônica!

Marcão Tricolor disse...

Concordo com você Mônica, mas que acho que de uma forma ou de outra seria importante a abertura das eleições pra presidente, até como uma forma de estimular a associação em massa, isso seria.

No entanto, concordo totalmente com o restante da sua exposição!

Parabéns.

Vinícius disse...

Eu já tenho meu Bora Bahêa... Também não sou contra as eleições diretas, mas também não acho fundamental. De qualquer forma, continuamos a companhar esse processo.

Anônimo disse...

Se eleições diretas mudasse alguma coisa a leo kret de zé eduardo vulgo bocão de côcô , não estaria eleita,
Eu quero mesmo é um time forte e fod..-se eleições diretas....

Mônica disse...

Valeu Jeremias, Marcão... Até acredito com vc Marcão em relação à associação em massa de torcedores caso ocorra, mas repito não acho que nem de longe seja a salvação. O problema do Bahia é de gestão. Claro que prefereria um profissional que fosse torcedor também à frente da direção de futebol do clube, mas sendo o Paulo Carneiro, e já percebendo as mudanças que ocorreu inclusive na área que ele não é diretamente ligado, já me satisfaz. Quero um time vencedor, mas também quero um clube estruturado, um presidente e uma diretoria com credibilidade e dignos do torcedor que tem. E uma divisão de base forte. Beijos!

Marcão Tricolor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fredson Paulo Diogo disse...

Informações dão conta que Bahia e Fluminense pelo baianão vai ser 20,00. Segundo Ednaldo rodrigues, ainda não chegou nenhuma solicitação de aumento de preço de ingresso na federação. Pelo estatuto do torcedor essa informação deve ser passada 10 dias nates da partida. Portanto, tudo indica que a semifinal vai ser 20,00. Já na final, conta o Atletico de alagoinhas, aí pode ser 30,00!!!

Euclides Almeida disse...

Amigos,

É claro que eleição direta sozinha não vai salvar a Pátria... mas é o início de um processo de democratização que é necessário para o crescimento do clube.

É uma forma de dar poder à torcida e fazer com que o comandante do clube tente sempre fazer o melhor... da maneira que é hoje, com sucesso ou com fracasso, os mesmos se perpetuam no poder infinitamente.