quinta-feira, 30 de abril de 2009

BAHIA, AMOR QUE CONTAGIA!


Vejam esse lindo poema que expressa todo o amor e a fé de um torcedor apaixonado pelo Esporte Clube Bahia:

BAHIA AMOR QUE CONTAGIA!

Desde criança que a alma encanta
De amor e esperança
E pura paixão ...

Desse time que quando ganha
A Bahia toda dança!
Que me traz grande emoção.
Doce e eterno Bahia

Nosso ardoroso pavilhão ...
Esquadrão de aço tricolor
Força viva da Bahia

Paixão que contagia
Mais um Bahia
Gol que arrepia,
Dentro do meu coração.

Meu motivo de alegria.
Grande e eterno Bahia.

Nosso time é campeão.
Tanto amor eu nunca vi
É de dia e de noite
Não quero nem dormir!

Sou Bahia até morrer
Nunca vou desistir.

Poema de Antonio Fagundes de Melo Filho
Tetraplégico há 30 anos. Poeta, escritor e artesão.
Leitor do SEMPRE BAHIA

O poeta Antonio Fagundes de Melo Filho precisa de nosso apoio. Ele é escritor e poeta e tem seu trabalho divulgado através dos blogs:
Vamos ajudá-lo comprando seu livro!

ATENÇÃO TORCIDA TRICOLOR
O Site SEMPREBAHIA tem este espaço para sua participação. A Coluna FALA BAHIA é democrática, onde todas as correntes de pensamento poderão opinar, desde que não existam ofensas pessoais e haja um mínimo de respeito e decência nas entrelinhas, além de ser um texto interessante, é claro!
Vamos lá, estamos aguardando seu texto, mande pra gente no endereço
semprebahia@semprebahia.com e escreva no corpo da mensagem: "Autorizo a publicação desse texto na Coluna Fala Bahia do site SEMPREBAHIA.COM". O texto deve ter, no máximo 3.000 caracteres (incluindo espaço) e estará sujeito à nossa edição.

13 comentários:

tricolor retado disse...

LINDO poema, me arrepiou! Parabéns Antonio Fagundes!

Maurício Guimarães disse...

Antônio, mandou bem, veio! Meus parabéns por nos presentear com sua sensibilidade.

Vumbora baêa!!!!!!!!!!!!!!

Antonio Fagundes disse...

Amigos torcedores do E C Bahia te agradeço pela força.
Sinto-me lisongeado e muito feliz.
Amigos Maurício e tricolor retado podemos estreitar a nossa amizade.
Querido amigo Euclides te agradeço.
por tudo que tu tens feito por mim.
Que o bom Deus te cubra de bençoes.
Diga ao Jornalista Marcio Martins q vamos ser campeão Baiano de 2009 com fé em Deus.
Fiquem na paz de Deus.
Abraços,
Poeta Antonio Fagundes

Anônimo disse...

Só o Bahia mesmo para emocionar tanto assim !!!!!

Parabéns ao Antonio fagundes e ao Sempre Bahia por nos presentear com um poema bonito como este !!!!!

Bahia campeão 2009 !!!!

E amanhã estaremos no Fazendão !!!!!

Anônimo disse...

Sinceramente voces não sabe nada de futebol e torcida , mais terá uma oportunidade impar, quem for ao Barradão verá , como uma torcida faz um time Campeão, pois com certeza não iremos parar um segundo de gritar e incentivar o nosso Rubro-Negro , coisa que voces não fizeram com 70% de tricolores , imagine agora , voces sé com 5% de sofredores..................

Anônimo disse...

Será que este anônimo otário acima não aprendeu com sua mãe que se mater na conversa alheia é falta de educação.

Vai se embora santanaz !.

Valeu Fagundes o seu porma é muito inteligênte. Fez o meu dia ficar muito mas muito feliz !!!!.

Umbora Bahêa !!!!.

Paulo Sérgio

Anônimo disse...

Desculpe Fagundes eu quiz dizer poema.

Um abraço,

Paulo Sérgio

Anônimo disse...

ai que lindo, que amor ao time, que emoçao, acho ate que vou chorar

Anônimo disse...

A torcida do Vice anda nos nossos blogs, por que eles não tem os deles.

Até o da Globo.com foi cancelado.

Anônimo disse...

vamos colaborae com o poeta comprando seus poemas. entrem no site dele e conheçam mais o seu belo trabalho.

antonio carlos

Tiago Enrique disse...

Antonio Fagundes,
Adorei o seu poema.
Você é um grande escritor.

Euclides Almeida disse...

Amigos Tricolores,
Eu comprei o livro do porta e recomendo a todos, tem poesias lindíssimas.
Acessem o blog dele e vejam como é fácil e barato adiquiri-lo.
Abraço ao poeta tricolor!

Antonio Fagundes disse...

Oi pessoal bom dis!
Te agradeço sinceramente pelos elogios.
O nosso amor pelo E C Bahia é tão forte que sempre nunca dá pra segurar.
Pena que as vezes os dirigentes faltam-lhes esse amor.
Abraços,
Poeta Antonio Fagundes