quarta-feira, 18 de março de 2009

Torcida não concorda com atitude da Diretoria



A Nação Tricolor vem demonstrando o que deseja, mas parece que os ATUAIS E ETERNOS DIRIGENTES insistem em não enxergar isso!!!!! A atitude de passar a cobrar o ingresso de crianças ao estádio de PituAÇO da forma como está sendo implementada não está sendo bem digerida pelos torcedores tricolores.

Para demonstrar isso, vamos mostrar números:

Em uma ENQUETE rápida realizada aqui, no SEMPRE BAHIA, a maioria absoluta pensa diferente dos senhores Marcelinho e Paulo Carneiro. Foi feita a seguinte pergunta:

Sobre a decisão dos dirigentes tricolores de cobrar ingresso de crianças a partir de 5 anos, qual a sua opinião?

Tem que achar um meio termo e cobrar ingresso mais barato para criança
123 votos (51,04%)

Um absurdo, está espantando a formação de novos torcedores
89 votos (36,93%)

Achei justo, criança ocupa lugar também

29 votos (12,03%)

Total de votos: 241

Para não dizerem que estamos querendo apenas criticar por criticar, gostaria que lessem uma sugestão nossa que, com certeza não será bem apreciada por todos, mas somada a outras idéias de outros torcedores poderão ajudar a resolver a questão...

A questão da cobrança de ingresso para crianças nos jogos do Bahia vem gerando muita polêmica. E não é pra menos... afinal o assunto nunca tinha sido colocado em discussão e, de uma hora pra outra, se reduz a idade limite da gratuidade de 12 para 5 anos que, somado ao fato de não existir a meia entrada, conduz à absurda situação de uma criança de 6 anos pagar o mesmo valor de um adulto (R$ 20,00 a R$ 30,00).

Alguém sbe qual é o percentual de menores que estão indo aos jogos em PituAÇO? Acredito que os dirigentes tricolores dever ter levantado esses números, pois sem isso fica impossível se fazer qualquer tipo de análise. A partir daí, deve-se promover um amplo debate para que as atitudes sensatas sejam tomadas.

Se o percentual desse grupo de torcedores for insignificante, não vale nem a pena discutir o assunto e liberar a gratuidade para o público infantil e dar mais brilho às arquibancadas. Se a quantidade representar um grande número de pessoas chegando a colocar em risco uma superlotação (e deixando quem pagou ingresso de pé)... ai sim, o ingresso terá que ser cobrado, mas não da forma como está sendo feita.

Se as crianças terão que pagar e o clube usa o argumento de que todos pagam meia (e ainda tem gente que acredita nisso???), pode-se criar o INGRESSO INFANTIL ao preço de R$ 5,00... seria um bilhete diferenciado com cores e layout distintos do tradicional, até poderia ter o desenho do mascote do Bahia (aquele super-homem desenhado por Ziraldo). A quantidade seria definida pela estatística levantada de qual é o tamanho do público dessa faixa etária.

Outra alternativa seria fazer um cadastro prévio dos torcedores mirins, que comprariam um cartão (tipo o Smart Card ou o cartão do Playland) definitivo que seria carregado nas bilheterias do estádio na hora do jogo. Dessa maneira não se correria o risco de disponibilizar uma carga de ingressos maior ou menor do que o necessário. Quando o pai chegasse com seu filho à bilheteria de PituAÇO, pagaria o valor de R$ 5,00 e, automaticamente, um ingresso de adulto deixaria de ser vendido para compensar, ou seja, seria vendida a quantidade exata de ingressos de acordo com a capacidade do estádio.

Bom, idéias não faltam e vontade de colaborar também... sugiro que os dirigentes do Bahia escutem a voz das arquibancadas para que, juntos, possamos transformar a realidade desse grandioso clube.

18 comentários:

Maurício Guimarães disse...

Valeu Euclides e Pedro, uma atitude de defesa do justo e do equilibrio!

Atilano Moreira disse...

http:/furdunconosemaforo.blogspot.com

pessoal visitem aew um blog feito por um tricolor(nele temos mtas doideras q so la mesmo p conferir)

Marcão Tricolor disse...

Desculpem fugir do post, mas alguém poderia confirmar o horário do jogo de amanhã?

No ingresso está marcado para 20:30, mas pelo que lembro PituAço em dia de semana, os jogos são marcados para 21:00.

Alguém confirma?

Euclides Almeida disse...

O jogo é 20:30h mesmo... a mudança para as 21h é para os jogos do Baianão, pois a FBF colaborou com o pedido da Prefeitura.
Quanto aos jogos da Copa do Brasil, a CBF já tem sua programação.

Anônimo disse...

uma boa ideia essa de fazer um cadastyro e um cartao pra gurizada.

Jeremias Cerqueira disse...

Pedro e Euclides,

Comentei anteriormente sobre como podemos levar estas idéias para a Diretoria do clube.

São ótimas idéias, mas, se ficar só aqui no campo da discussão nunca teremos resultado.
Podemos amadurecer ainda mais algumas idéias realmente viáveis e enviar tais idéias à diretoria para análise.

Aí sim podemos cobrar respostas.

Euclides Almeida disse...

Jeremias,
Acho difícil que eles estejam abertos à sugestões. Se fosse assim, não teriam tomado essa atitude em relação às crianças sem abrir um amplo debate com a torcida. lembre-se que Paulo carneiro não é lá muito democrático.

Outra coisa, não pense que eles não estão lendo o que todos nós estamos escrevendo não. Tudo chega ao conhecimento deles.

O Assessor de Imprensa do Bahia está sempre muito ligado nos blogs, eu sei disso.

Portanto, a enquete e os comentários dentro do site são importantes para que saibam o que a torcida pensa.

Marcão Tricolor disse...

Euclides, concordo que realmente alguém do Bahia acompanhe os blogs e acompanhe as manifestações dos torcedores, mas também concordo com Jeremias.

Nós torcedores devemos pensar em meios para reivindicar juntamente à diretoria, explicações quanto à estas questões polêmicas.

Acredito que se tomássemos um tema específico por mês, poderíamos juntar algumas idéias levatadas em cada blog de relevância, e propor reuniões com a diretoria para essas discussões.

Penso no exemplo do grupo da Revolução Tricolor, que recentemente realizou algo parecido.

Anônimo disse...

PARABENS VCS SÃO VERDADEIROS TRICOLORES, FORA O CONTINUISMO E NÃO PRECISAMOS DE pc LADRÃO ,SAFADO.
SOMOS BAHIA E SOMOS FORTE VIVA O ETERNO PRESIDENTE , ELE SIM CAMPEÃO BRASILEIRO....

Anônimo disse...

Gostaria de saber aonde vocês assitem os jogos em PituAÇO, gostaria de conhecer a galera.

Umbora Bahêa!!!.

Paulo Sérgio

Bitencourt disse...

É por isso que nêgo tem medo de voto direto. Quando o time é democrático os interesses da massa pravalece. Espero que MGF não esteja nos enrolando, por que minha paciência está se esgotando. Cadê a reforma do estatuto?

Bitencourt disse...

É por isso que nêgo tem medo do voto direto. Por que sabe que tem dançar conforme a música da torcida.

Taís Martorelli disse...

Bahia só precisa de um empate para seguir na Copa do Brasil
Tricolor terá novidades na equipe que encara o Potiguar, no Pituaçu.

Bora BahêAAA!
Vamos ser CAMPEÃO!

Euclides, adorei as alternativas!!!
Vamos lá torcida tricolor, lutar para mudar essa infeliz
realidade!

Diga NÃO a essa mudança! Nada melhor do que facilitar a presença de crianças no estádio para presenciar uma nova era!!!

Euclides Almeida disse...

Paulo Sérgio,
Infelizmente não iremos para o jogo de hoje, pois estamos (eu e Pedro) fazendo um curso à noite até o final do mês.
Vou preparar um layout indicando a nossa posição no estádio para que todos possam nos achar, valeu?

Euclides Almeida disse...

Marcão,

A idéia é boa de juntarmos boas idéias e levarmos ao "novo" presidente, apesar de saber que não vai ser fácil ele nos receber.

A REVOLUÇÃO TRICOLOR, que já é um grupo organizado e conhecido, teve a audiência desmarcada inúmeras vezes e, mesmo assim, ainda não teve nenhum pedido atendido...

Sei o que estou falando, afinal fui um dos fundadores e um dos líderes do grupo Revolução Tricolor e sei as dificuldades enfrentadas...

Vinícius disse...

Amigos do sempre bahia e todos que acompanham esse excelente site,

Respeito de verdade a opinião de todos. Acho que, tomando como base a situação financeira do brasileiro, a torcida tem razão de reclamar do preço dos ingressos e também daquele cobrado para as crianças. Mas eu também tenho analisado a coisa por um outro lado. Vejamos:

Nós nos acostumamos a pagar 10 reais e 5 reais nos ingressos. Isso está fazendo com que nós estranhemos o preço de 20 e 30 reais.

Entendo que futebol hoje em dia é muito caro. Não é fácil montar uma equipe com limitação de grana. Só para ter um bom técnico, um time precisa desembolsar no mínimo 80 mil por mês. Se quiser um atacante de nome, coloque mais 150 mil, no mínimo. É muito difícil contratar bons jogadores com receita baixa.

Acho que é, inclusive, pela limitação financeira, que os baianos sempre fazem campanhas fracas em campeonatos de nível nacional;

O Bahia deve muito, muito mesmo. A gente está observando muito claramente o esforço de se modernizar as instalações do Centro de treinamento. O Bahia está reformando refeitório, sala de musculação, implantou uma clínica de fisiologia, está recuperando o gramado dos campos do fazendão. Enfim, existe uma tentativa de dar uma cara nova para o clube, de colocar o clube dentro do padrão dos grandes clubes, de ponta.

A folha do Bahia é de 800 mil reais, só com o elenco, sem contar os demais funcionários. E essa folha deve aumentar para a série B, ou seja, se quisermos que o time realmente tenha um bom desempenho, vamos ter que arcar com isso.

O Bahia está sem moral junto aos contratantes patrocinadores. Os contratos não estão sendo lá essas coca-colas.

Se 2 mil pais quiserem levar seus filhos, vai ser problema. Mesmo com preço reduzido, o prejuízo é muito grande. Se formos fazer a estatística, fatalmente vai se perceber que o número de crianças nos estádios não é tão pequeno assim.

Achei legal a atitude de Paulo Carneiro de justificar o porque da medida. Ele explicou a relação da lei Pelé com a medida que o Bahia tomou. PituAÇO é um estádio com cadeiras, o que não permitiria entradas gratuitas para as crianças. PC falou que ainda assim, houve um esforço do Bahia de liberar crianças até 5 anos, por entender que essas podem ficar no colo.

Vamos tentar entender torcedor. Se queremos um time grande, vamos ter que pagar isso. Caso contrário, vamos ter que nos contentar com a segunda divisão. Infelizmente essa é a realidade do futebol.

Tudo bem que isso dificulta que os pais levem seus filhos para o estádio. Mas acho que com jeitinho, podemos levar em um jogo, no outro não leva, e ai a gente vai se ajeitando.

VAMOS FAZER UM ESFORCINHO ESSE ANO.

Quero ver o Bahia forte de novo, na primeira divisão do Brasileirão, impondo respeito. E tenho certeza que vocês também querem.

Euclides Almeida disse...

Grande Vinicius,
Voce é muito sensato, mas acho que não concordo TOTALMENTE contigo. Nós já estamos fazendo o tal esforço que foi pedido. Ninguém está reclamando do preço do ingresso, ninguém está reclamando de não ter meia-entrada... mas, acho que tudo tem limite!

Não podemos pensar somente no momento atual. As crianças são o futuro do clube, que já vem há quase uma geração sem ganhar nada.

Temos que ter o estádio com muitas crianças presenciando a grande virada que vai acontecer (tomara!!!). Se não dá pra entrar de graça, que se faça um cadastro prévio e se pague um valor mais justo... senão os nossos pequenos tricolores ficarão em casa aumentando a torida do Flamengo, do Corinthians, etc.

Outra coisa, o Bahia continua desprezando a enorme receita que poderia ter com os SÓCIOS. Eu pago minha mensalidade todo mês sem ter direito a nada, nem a voto para presidente, nem um pequeno desconto na compra do ingresso... existem várias fontes de receita, não se pode querer jogar tudo nos ombros da receita de bilheteria...

Vinícius disse...

É Euclides,

Como falei, não discordo de você. Acho que todos tem razão sim, de verdade. Só tentei analisar as coisas por um outro ângulo.

Abração