domingo, 22 de março de 2009

BA-VI SEM GOLS



A expectativa da Nação Tricolor para o clássico era muito grande, afinal o Bahia aplicou uma sonora goleada na quinta passada, pela Copa do Brasil, enquanto o Vitória quase foi eliminado pelo inexpressivo time do Asa. Além disso, era uma excelente oportunidade do tricolor encostar no líder para tentar ultrapassá-lo quando estivessem com o mesmo número de jogos disputados.

O primeiro BAVI do novo PituAÇO não passou de um empate sem gols... para a torcida tricolor ficou uma sensação meio frustrante, um gostinho de quero mais, mas houve também a compreensão de que o time foi muito prejudicado com a perda de um jogador logo no início da partida.



Foto: Fernando Vivas/ A TARDE

O jogo começou duro, truncado, com excesso de homens de marcação em ambos os times. O técnico tricolor escalou três volantes no meio, deixando Hélton Luiz sozinho na função de criar as jogadas ofensivas. E, para complicar ainda mais, o goleiro Marcelo tomou dois cartões amarelos e foi expulso com pouco mais de 20 minutos. Gallo optou pela saíde de Hélton Luiz para a entrada do goleiro reserva Fernando.

A Nação Tricolor, que era maioria esmagadora nas arquibancadas, ficou em pânico, temendo pelo pior, mas, apesar da desvantagem numérica, o clássico continuou muito equilibrado até o final do 1º tempo.

Foto: Roberto Viana / AGECOM

O Esquadrão de Aço voltou para o 2º tempo com uma alteração que deixaria o time com menos possibilidades ofensivas ainda: saiu o atacante Reinaldo Alagoano e entrou o volante Willames. Como não poderia deixar de ser, o time jogou mais recuado... e com seus contra-ataques comprometidos pela falta de opções de homens de frente, pois à essa altura, Beto era o único atacante e o volante Élton, seu improvisado companheiro de ataque. Perto do final da partida, Gallo ainda trocou o atacante Beto por Richelly, mas pouca coisa mudou com essa alteração.

Mesmo com tantos prejuízos sofridos durante o jogo, o Bahia jogou melhor e ainda conseguiu criar bons lances de perigo, estando sempre mais perto de fazer o gol do que o time de Canabrava. Os atletas tricolores jogaram com muita garra e fisso foi reconhecido com muito aplauso pela torcida. A festa no Caldeirão não foi da maneira que todos desejavam, mas quem foi ao estádio não se arrependeu.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
BAHIA 0 x 0 VITÓRIA
Data:
22/03/2009
Estádio: Pituaçu (Salvador/ BA)

ESCALAÇÕES
Bahia:

Marcelo; Patrício, Nem, Evaldo e Ávine;
Rogério, Leandro, Élton e Hélton Luiz (Fernando);
Beto (Richelly) e Reinaldo Alagoano (Willames). Técnico: Alexandre Gallo.

Vitória:
Viáfara; Apodi, Thiago Gomes, Anderson Martins e Bosco;
Ramirez (Rafael Bastos), Wallace, Bida e Ramon (Gláucio);
Nádson e Neto Baiano (Washington). Técnico: Mauro Fernandes

Árbitro: Arílson Bispo
Expulsão: Marcelo (Bahia)

Público: 30.423 pagantes Renda: R$ 936.680,00
CAMPEONATO BAIANO 2009

25 comentários:

gabriel disse...

o bahia foi melhor, sim

parabens aos jogadores que honraram a camisa tricolor

Mônica disse...

Vi jogadores com garra honrando a camisa que vestem e acho mesmo que o grupo, que já era bom, ficou ainda mais fortalecido com essa partida e se não fossem algumas substituições equivocadas (mas compreensíveis) o Bahia teria até vencido a partida devido ao nervosismo maior dos jogadores do Vitória.
Gostei do que vi!

Anônimo disse...

Acho que esse jogo foi Bahia X Gallo. Depois que Hélton Luiz saiu, eu só tinha esperança de um empate mesmo. Acho que todas as substituições foram equivocadas. O substituto de Beto deveria ter sido o Alex Terra, não o Richely que já entrou em várias partidas e não fez absolutamente nada. Diante das adversidades (sem Rubens Cardoso e sem Léo Medeiros), foi um bom resultado. Com Evaldo, me parece que a defesa tá indo melhor, só tomamos um gol em duas partidas...

Berg disse...

Também achei que Gallo respeitou muito o adversário que estava sem o seu meio de campo titular,mas o que me preocupa é o jogo contra o Coritiba pela Copa do Brasil se ele entrou pra jogar contra o rival c/três zaqueiros em um jogo que não decidia nada imaginem em um mata-mata.Modificou errado quando teve o goleiro expulso,ele teria que tirar o Reinaldo Alagoano que não cria nada e colocar o Tiago Carpini que além de marcar tem um bom passe em resumo ele foi muito medroso!!!

Anônimo disse...

alex terra estava no banco?? não vi pq tava fazendo concurso e qd deu 17h ficou nervoso e quase erro o gabarito....
se estava pq ele num colocou?
achei errado ele tirar um atacante e botar um volante...mas apesar de tudo o BAHIA foi melhor em campo!

Tricolor Revoltado disse...

FORA GALLO RETRANQUEIRO, CRETINO E BOÇAL!!!!!

júnior disse...

Irresponsável, esse Marcelo! Foi o culpado pelo empate.
O time do aterro sanitário é ruim demais. Mesmo com 1 a menos poderíamos ter ganho o jogo.

Parabéns pela raça demonstrada pelo time. É esse o Bahêa que a torcida quer ver!!!

Em relação às mudanças, discordo dos que estão criticando Gallo. Ele foi coerente nas substituições. A prova disso é que, apesar da maior posse de bola do time do lixo, as melhores chances foram do tricolor.
Mesmo com a saída de Helton Luis, o time continuou jogando bem, não perdeu o meio-de-campo.
No intervalo, ele trocou Reinaldo Alagoano por Williames, com o objetivo de priorizar a marcação e avançou Elton - para mim, o melhor em campo - para jogar ao lado de Beto que fazia muito bem o trabalho de segurar a bola no ataque.
No meio do segundo tempo, tirou Beto, cansado, colocando Richelly, que, nos jogos que entrou, mostrou ser um bom velocista. Acho que Alex Terra poderia ter entrado. Deve ter pesado a falta de ritmo.

Por uma questão de justiça, devo elogiar o comportamento de Patrício. Se mantiver o futebol jogado ontem, a lateral direita já tem dono. Precisa ainda aperfeiçoar os cruzamentos.

ST e BBMP!

Vinícius disse...

De fato, acho que Gallo vacilou ao colocar Rickeli em campo. Ele deveria ter colocado Alex Terra. O Bahia fatalmente seria mais produtivo no ataque.

Mas compreendo as demais substituições que Gallo fez. Foram necessárias.

O Bahia jogou com muita garra, gostei do que vi.

perruciperruci disse...

Êta porra o VITORIA perdeu pru finado jahia de 5 X 0 segundo os torcedorzinho ulalalaa deram sorte, roubaram o Leão, um pênalt que até um cego marcaria, mas o ladrão do juiz não marcou pq ele poderia ser preso, onde o governadorzinha deveria está assistindo o jogo, e se o finado jahia tivesse perdido o juiz seria preso pelo governadorzinho

Dirk disse...

Junior Coerente Gallo????

Rapaz me desculpe ele pra mim foi o grande responsável pelo nosso empate.

Primeiro, se é pra entrar com Marcelo voltando entrava logo na Quinta e não no Ba X Vici.

Tirar Hélton Luis depois da boba expulsão do Marcelo??? Porra, o juiz tava doido pra compensar, ele tira o jogador mais criativo do time que poderia criar situações de gol pro Bahia, além da bola parada que o menino é veneno puro. No meu ver, tirava Reinaldo Alagoana.

Mesmo com tudo, jogamos melhor o primeiro tempo, dai ele tira o Reinaldo e bota Wilames ( beleza acho ele uma boa promesso, porém o cara não é nem relacionado há varios jogos!!! Kd a coerência!!!??)

Enfim toda vez que Gallo inventa, a coisa não funciona e saímos prejudicados.

Garra, raça, comprometimento são marcas desse grupo e nesse Baxvici vou esquecer as loucuras e guardar essas virtudes que nosso treinador e sua equipe imbuio na nossa equipe.

Vamos ser campeão baiano.
Vamos subir pra Série A.

BBMP

Abraço pra galera do Blog

Anônimo disse...

o árbitro foi muito rigoroso ao dar amarelo para marcelo por ter reclamado com o jogador do vice.
num lance daquele, um árbitro de 1ª linha chamaria o marcelo e daria uma bronca segura dizendo que da próxima seria mais rigoroso, como já vi vários árbitros fazer.

Dirk disse...

Ah, modera!! Os torcedores do aterro acordaram felizes e vão encher o saco. Modera, não libera essas carniças.

perruciperruci disse...

Ganharam la no Arena do BARRADÃO com dois gols ofertado pelo azar em que o VITORIA se encontrou, acharam que iria ganhar dinovo, e bom pensar assim que o finado vai se dá bem... Rumo a terceirona meu rei

júnior disse...

Brother Dirk, democraticamente discordamos na análise do jogo de ontem, mas, graças a Deus, concordamos em uma coisa: esse ano é nosso.
Plagiando Binha, o Bahêa vai ser campeão Baiano, da Copa do Brasil e da Série B, rs.

Um abraço e BBMP!!!!!

Anônimo disse...

Este "tricolor revoltado" na minha opinião é POMBO SUJO DE CANABRAVA, ele só faz criticas destrutivas.

SAI FORA BABACA!.

Acho que o site é muito democratico, que eu acho ótimo, VIVA A DEMOCRACIA!, mas precisa tomar cuidado com anônimos, que se esconde por detras de apelidos para denegrir a imagem do nossso Bahêa.

Umbora Bahêa!!!.

Paulo Sérgio

Euclides Almeida disse...

Para a situação atípica da partida, acho que foi bom, mesmo entendendo que Gallo entrou com medo com três volantes e não deveria ter tirado Hélton Luiz, que é um jogador produtivo, deveria ter tirado o apagadíssimo Reinaldo Alagoano.

Agora...BaVi é foda mesmo, eu nem ia para o jogo, mas de última hora, bateu uma imensa vontade e fui de qualquer jeito e terminei pagando R$ 50,00. E NÃO ME ARREPNDI NÃO. Foi lindo ver aquele massacre de 80% Bahia e apenas uma muquequinha ve urubus.

Dirk disse...

Parabéns pelo empate Perruciperruice. Mostrou que vocês estão no caminho certo pra ser vice no baiano e cair pra série B. O bom do empate é que mantém seu competente treinador no cargo. È minha garantia que serei Campeão baiano.

Anônimo disse...

Concordo com sua analise Vinisius, eu tambem vi este jogo.

No primeiro tempo o maluco do goleiro do time de canabrava tomou um cartão amarelo lodo no inicio do jogo, pois bem, quase no fim do prmeiro tempo o juiz marcou uma falta no lado esquerdo do time de canabrava no atque do Bahêa, e com o jogo parado o golero maluco que tinha saido da grande area chutou a bola para a arquibancada do lado dos pombos sujos, para um bom entendedor ele deveria levar um cartão amarelo por conduta errada e seria o segundo amarelo, logo expulsão, isso ninguem viu e nem fala sobre o assunto. Depois foi só o time de canabrava que foi prejuducado.

Umbora Bahêa!!!!

Paulo Sérgio

Jeremias Cerqueira disse...

Na verdade aquele lance da agressão que resultou no primeiro cartão amarelo de "Eleviuávara". Ele teve a intenção de agredir, foi perverso e agrediu descaradamente.
Deu uma cotovelada no ar e quando caiu ainda chutou o Alagoano por duas vezes.
Em minha opinião não era lance pra cartão amarelo e sim para expulsão.

Justificativa: Agressão.

Sinceramente não acho que Gallo foi medroso, acho que ele respeitou demais o time do aterro, sem necessidade. E entendo que Alex Terra se entrasse não ia ajudar muito, afinal, o jogador esta ganhando ritmo e ainda esta despreparado fisicamente.

Pedro Cordier disse...

Meus amigos, pra mim, Gallo COMEÇOU O JOGO de uma forma medrosa, sim (respeitar o adversário, ser cauteloso e outros eufemismos querem, no fundo, demonstrar isso...)!

Escalar 3 volantes (sendo um deles, um volante-zagueiro) em casa contra um Vitória desarrumado, confuso, com Nadson em má fase e sem Vanderson e Jackson (pra mim, seus melhores jogadores) não tem explicação...

Já disse, repito e re-re-pito: CHEGA DE FUTEBOL BUROCRÁTICO!

Lembrem-se que, todas as vezes que Gallo inventou deu merda!!

Gallo começou errado e MEXEU ERRADO, sim!!

Deixar ReiNADA Alagoano em campo e tirar Hélton Luiz é brincadeira de mal gosto...

Depois o louco tira ReiNADA Alagoano e coloca... mais um VOLANTE!! Mostrou CLARAMENTE o que queria: EMPATAR e perder a chance de chegar em primeiro por suas próprias forças, pois, não acredito que o Bahia vá tirar 8 gols de saldo... alguém acredita??

Vinícius disse...

Jeremias, me desculpe cara, mas vou discordar de você.

Conheço o futebol de Alex Terra e não tenho dúvidas de que ele é melhor, mais produtivo que Rickeli.
Beto é muito mascarado e matou uns 3 contra-ataques do Bahia no segundo tempo. Por isso Gallo substituiu ele.

Mesmo sem estar na sua melhor forma física, Alex Terra poderia ter rendido muito mais que Rickeli. Alex Terra sabe tratar a bola, tem visão de jogo e é inteligente na hora de definir as jogadas. Tenho certeza que ele ia se desenvolver bem e seria fatalmente uma boa opção ofensiva para o Bahia.

Vinícius disse...

Além do mais, faltavam 25 minutos para acabar o jogo. Será que Alex Terra não aguentaria correr esse tempo... acho que aguentaria sim.

Dirk disse...

Pedro seu comentário completa o meu. É medo sim!! E tô cansado de respeitar demais carniças!! Esse time do vici é horroroso, é pra ser brocado sem medo!!!

Até por que toda vez que entramos com um time ofensivo brocamos com força, pois potencia nós temos!!!

Resumindo curto e grosso

Gallo cagou tudo!!!!!!!!!!!!

Marcão Tricolor disse...

Gente há muito tempo que não nos irritamos por um empate!!! Isso prova que dessa vez temos um TIME.

Acho que Gallo realmente errou quando tirou Hélton Luis. Como bem disse Dirk, num clássico é normal o juiz compensar. Hélton assim como Beto, é um excelente "cavador" de falta, e a expulsão era certa.

A substituição de Beto pro Richelly, para mim foi a grande "bola fora" de Gallo.

A agressão de Viáfara é um escândalo à parte. Cadê a coerência?

No mais, fica a certeza que estamos no caminho certo, e que com alguns ajustes teremos um grande time esse ano.

Santana disse...

Esse grupo que o BAHIA tem, a começar pela comisão técnica e jogadores estão todos de parabéns, pois olha os comentários do nosso torcedor,hoje e olha o do uvice,eles hoje festejam um empate jogando com um jogador a mais , 70minutos de jogo, e nós torcedor do ESPORTE CLUBE BAHIA faz tempo que não comentamos e ficamos muito triste , com um resultado de empate sendo que jogando grande parte dos 90 minutos com um homen a menos.....
Estamos no caminho certo ,quem não viu o vicetória cansado e um BAHIAcom uma determinação e esbanjando um preparo fisico de primeira.
Parabéns PC realmente temos que dar a mão a palmatória pois o ruimacioli , não entende e não conhece bulufas nenhuma de futebol..