sexta-feira, 22 de agosto de 2008

CLIMA PESADO NO FAZENDÃO


O ambiente tricolor não poderia estar pior... Após a trágica invasão promovida por torcedores da Torcida Terror Tricolor ao Fazendão, os jogadores encontram-se muito abalados e traumatizados. GALVÃO quer ir embora, ELIAS pediu para não viajar (apesar de estarem na lista de concentrados para a partida)...
O zagueiro ALISSON demonstrou estar muito preocupado com a sua segurança e de sua família. O jogador contou que foi levar a filha na pediatra e teve que usar boné por receio de ser reconhecido... "Hoje mesmo tive que sair e fiquei de cabeça baixa, tentando me esconder como se fosse um criminoso", desabafou o jovem atleta.
ELIAS conta que sua mãe tem problema de depressão e ficou assustada com as imagens da confusão, chegando a pedir para ele ir embora... o meia pediu para não viajar com o grupo por não ter condições psicológicas, mas já foi convencido do contrário e vai para o jogo...
O volante FAUSTO, apesar dos problemas de saúde do pai e da confusão ocorrida no treino, vai para o jogo e preferiu não ficar relembrando os fatos...
O técnico Arthurzinho não quis dar declarações (ainda bem!!!!) e evitou falar com os reporteres...
Fonte: Bahia Notícias e Correio da Bahia
O Esporte Clube Bahia, em seu site oficial, pede que a torcida mande mensagens de apoio aos atletas como forma de amenizar o clima pesado que estão vivenciando... Os torcedores podem enviar as mensagens para o e-mail apoio@esporteclubebahia.com.br

3 comentários:

JOHNY disse...

LAMENTÁVEL!!!!

Anônimo disse...

Não sei o que é pior para o Bahia: A permanência da atual Diretoria ou o modus operandi dessa teleguiada torcida.
A torcida do Bahia é a que, no Brasil, mais prejuízos tem causado ao time.

Helder Jairo disse...

Horrivel tem que sair Petronio Barradas, Artuzinho, Galvão e a metade do ridiculo time do "ja ia"... Estamos cansados de sofrer.