quarta-feira, 22 de abril de 2009

Marcelinho concede entrevista à Bocão e Márcio Martins



O presidente do Bahia Marcelo Guimarães Filho concedeu uma entrevista à Itapoan FM, agora há pouco, onde foi questionado pelos ouvintes do programa e por Márcio Martins e Zé Eduardo.

Confira um resumo da interessante entrevista:

Sobre INGRESSOS:
- O deputado alegou que aconteceram muitos apelos de torcedores nas ruas, além de ouvintes dos programas de rádios pedindo mudança na política de cobrança de ingressos para o público infantil e, por isso, resolveu voltar atrás na decisão de cobrar o mesmo valor para adultos e crianças.
- O preço do ingresso infantil deverá ser R$ 10,00 e os detalhes serão definidos dentro dos próximos 15 dias, visando a estréia do Bahia na Série B.

INGRESSOS A R$ 20,00 e R$ 30,00
- Marcelinho afirmou que pesquisou o preço dos ingressos no Brasil inteiro e o valor cobrado pelo tricolor está na média do que é praticado em outros estados.
- Ele entende que quando acontece uma sequência de jogos importantes em curto espaço de tempo, o preço do ingresso fica realmente muito oneroso para a maioria dos torcedores, mas como há uma demanda reprimida pela pouca capacidade do Estádio de Pituaçu, as coisas se ajustam e termina havendo público suficiente para frequentar todos os jogos...

Sobre contratações erradas:
Segundo o dirigente tricolor, o número de contratações que não vingaram está dentro da margem prevista no planejamento do clube.

Novas contratações:
Márcio Martins falou que o Bahia estaria tentando a contratação do meia Luciano Henrique do Sport e do atacante Reinaldo do Grêmio...
Marcelo Guimarães Filho confirmou que essas negociações estão acontecendo, mas não tem nada definido, sendo que as maiores chances são para a concretização da vinda de Luciano Henrique, que se encaixaria perfeitamente na carência que o time tem.
Com essas duas aquisições, a base para iniciar a Série B estará pronta, porém o ciclo não estará fechado e, dependendo das necessidades, mais jogadores ainda poderão vir.


Campanha de 2009 inferior à de 2008:
Marcelinho disse que é melhor ser campeão do que fazer muitos pontos mas não alcançar o objetivo principal.

Sobre Paulo Carneiro:

Não foram reveladas as bases contratuais com o Gestor de Futebol, pois são exigidos sigilos nas informações... em relação às especulações de que o salário de Carneiro gira em torno de R$ 60.000,00, o dirigente se esquivou de responder dizendo apenas que o ex-rubro-negro está ganhando de acordo com a sua competência.

Marcelinho entende que Paulo Carneiro é uma figura experiente, voluntarioso, tem muita capacidade, mas que comete alguns excessos e que tem erros como qualquer um e que é importante saber conviver com as diferenças.

Sobre a saída de Gilberto Bastos, vice-prsidente do clube:
Marcelinho deixou escapar que Gilberto emprestou cerca de 200 mil reais ao clube e que aconteceram alguns desentendimentos com alguns diretores do Bahia provocados inclusive pela entrada de Nilton Maia para o Marketing.

Sobre o Marketing do Bahia:
- O deputado e dirigente tricolor afirmou que para serem colocados em prática bons planos de marketing precisa haver investimento e o Bahia não tem muitos recursos no momento, mas que em breve, muitas novidades surgirão.
- A contratação de Nilton Maia (Diretor de Marketing) foi uma indicação de Paulo Carneiro, mas não uma exigência.

Sobre Maracajá e Petrônio Barradas:
Segundo o entrevistado, não há nenhum problema pessoal com os ex-dirigentes tricolores, pelo contrário, pois são seus amigos. Apesar disso, não há nenhuma interferência do "eterno" presidente em sua gestão e a última vez em que se falaram foi no Ba x Vi do Barradão, quando Maracajá ligou para ele parabenizando-o pelo triunfo no clássico.

Sobre as Eleições Diretas para presidente do clube
Afirmou categoricamente que tem uma equipe trabalhando nesse assunto e que haverá sim mudanças no estatuto do clube para implementação de eleições diretas. Reconhece que já passou do prazo estabelecido, mas justifica com as dificuldades do dia-a-dia.

17 comentários:

Anônimo disse...

essas brigas são tudo umas farsas, pois quando se encontram ficam igual umas putas.

jr disse...

Marcelinho até que é um cara que sabe falar. Não conseigo ter raiva dele.

Anônimo disse...

Eles são da mesma panela , isso é só uma questão de tempo , e de um titúlo do baianão para a poeira baixar e todos eles se unirem de novo.....

Anônimo disse...

MGF E PC DEVERIAM BOICOTAR ESSA DUPLA.

Marcão Tricolor disse...

Concordo com o último anônimo. A diretoria do Bahia deveria continuar boicotando MM e Bocão. Estes cidadãos só fazem polemizar as coisas do Bahia, trazendo discórdia para dentro da torcida.

Quem ouviu a entrevista de ontem, percebeu como estes dois se transformam na frente dos diretores do Bahia.

Nem de longe o sr. MM lembrava o repórter que a poucos dias vociferava contra PC, MGF, e tudo que o Bahia fazia.

Tranquila, a dupla de radialistas parecia "grandes amigos do Bahia", apoiando todas as atitudes do presidente. (foram eles que criticaram a contratação de joãozinho, dizendo que este jogador vive no bar??? Não pode ter sido... impossível!!!)


É realmente uma vergonha essa imprensa baiana. Hoje eles já devem estar preparando as novas "bombas"...

zé gotinha disse...

marcelo está se mostrando preparado pelo menos no quesito comunicação. fala bem(diferentemente do pai),se esquiva de qualquer saia justa, tem conversado com alguns grupos de oposição,se relaciona bem com a "imprensa"...o problema é confiar o clube a paulo carneiro. para mim é como colocar raposa em galinheiro...por detrás dessa vinda dele ao bahia tem algum projeto pessoal que ele tem e que não gosto nem de pensar...me arrepio de medo!...cobrar ingresso de crianças já pode ser a 1ª fase do projeto de P.C....vade retro!!!

Anônimo disse...

Acho que Marcelinho esta talhado e preparado para ocupar os cargos de deputado federal e presidente do Bahia. Ele é sensato e coerente.

Achei ótimo quando perguntaram a ele sobre o babaca do Jorginho, e ele sutilmente chamou-o de palhaço, quando disse que " não conhecia pessoalmente, mas acahava Jorginho engraçado", para um bom entendedor meia palavra basta.

Valeu Presidente !!!.

O circo estava armado por boca grande e MM, levou até o presidente do tribunal de injustiça esportivo da Bahia que disse está recebendo pressão a respeito das declarações de PC na Metrópole. Quando Marcelinho foi perguntado sobre o assunto, o nosso presidente saiu de letra, ou melhor não criou polêmica nem de um lado e nem do outro, afirmou que é o geito de sêr de PC.

O interessante é que o próprio boca grande disse como funciona o esquema, quando contou no ar como soube através do gorgo da Metrópole logo após o término da resenha da sua rádio. Eles são unha e dente para prejudicar PC e o Bahia, o gordo fouxo e puxa saco não tem coragem de encarar PC ligou para boca grande pedindo para que o mesmo jogasse lenha na fogueira, mas boca grande entregou-o.

Umbora Bahêa !!!!

Paulo Sérgio

franctavares disse...

Ouvir atententamente a entrevista de Marcelo, e achei que o mesmo está preparadissimo para dirigir o nosso Bahia, calmo, tranquilo e com muito jogo de cintura, saiu-se bem de todas as armadilhas montadas por Zé Merdão e esse reporter que se diz Bahia,o tal do Marcio Martins, os quais ao perceberem que Marcelo é um homem culto e que não entraria no jogo deles, começaram a se fingirem de mortos, ou seja, não atacaram-o como vinha sempre atacando-o. Esses dois elementos que se dizem jornalistas deveriam tomar vegonha na cara e fazer realmente um rádio sério, com informações verdadeiras e coerentes e não tentar tumultuar o nosso tricolor, que com tantos problemas oriundo do passado vem sendo bem administrado nesses último três meses. A verdade é que o Bocão é torcedor do Vicetória e que ver o Bahia sempre numa pior e MM que se diz Bahia, mas luta pelo seus próprios interesses, que são talvez jogadores dele que não estão sendo aproveitados no Bahia.Etem mais, pra esse tipo de gente só mesmo Paulo Carneiro para colocá-los em seus devidos lugares. Quanto aos valores dos ingressos, apesar de realmente estarem em valores altos para o poder do torcedor, infelismente, não se pode cobrar um valor irrisório, pois futebol para se fazer é muito oneroso. Como pode-se pagar uma folha de um clube com ingressos de R$ 5,00 ou 10,00 (cinco ou dez reais)? é assim que alguns torcedores querem time com jogadores de qualidade, time na primeira divisão, ora gente vamos para com isso.
Boraaaaaaaaaa Baeeeeeeeeeeaaaaaaaaa.

Francisco Tavares

Anônimo disse...

achei a entrevista muiot ruim. O nivel dos entrevistadores é coisa de circo.
Eu não participaria disso.
O que estou retado, é que me fazem acreditar que o Bahia está bem, jporque empatou com um time de série A, com o Coritiba.
Ontem vi o CSA ganhar do Santos na Vila Belmiro. Se jo Bahia classificasse pegaria o CSA, e eu poeria estr sonhando com uma semifinal na Copa do Brasil. E agora? Simplesmente não passamos pelo Coritiba e vibramos com isso. E vamos assistir, CSA , ICASA, etc.
Merrrrrrrrrrrrrrrrrrda!!!!!

Berg disse...

O projeto de MGF e PC é claro que é pessoal,MG pai se encarregou de destruir a sua carreia política e levaria consigo a carreira de MGF,PC estava queimado p/o futebol brasileiro após denúncias de irregularidades lá no time do "aterro sanitário" e pedido de indenização de R$ 10 milhões.Só que é desta situação que ambos encaram o sucesso do tricolor de aço como a salvação p/suas carreiras e farão de tudo p/agradar a Nação Tricolor que poderá dessa vez sair lucrando c/a volta do clube a série A,eleição diretas no clube e em 2010(ano de eleição)um time forte na série A,a nós torcedores nos resta aproveitar este momento raro quando dirigentes de um clube precisam agradar seus torcedores de qualquer jeito.

Bernardo Sotero Cortizo disse...

Acho que o Bahia tem começado a pensar em andar nos "trilhos" de um time grande de novo, aquela luz fraquinha que via no fim do tunel parece, eu disse PARECE, mas forte. Mas temos de tomar muito cuidado com tudo, mais importante pro Bahia são as mudanças estruturais e politicas, o Bahia precisar respirar novos ares, o Bahia precisa de transparência e democracia, pra já!

Marcão Tricolor disse...

Alguém parou pra pensar que o adiamento dos jogos de ontem ocorreu para beneficiar o vitoria?

o próprio presidente da federação admitiu hoje, que PituAço tinha condições de suportar a partida, mas que o barradão não.

Ou seja, teríamos 1 dia a mais de descanso pro bavi...


ACORDA DIRETORIA!!!!!! A FBF, o TJD, a Imprensa, todos ajudando o vitoria...

Bitencourt disse...

Parabéns ao blog pela entrevista, nem sempre estamos atentos nas programações das rádios. Quando soube da conversa de Marcelinho com MM já estava no final.

Quanto as mudanças do estatuto, estamos de olho. quero saber se o presidente do bahia terá a cara de pau de adiar para 2010.

Anônimo disse...

Olá Marcão Tricolor.
Não pense asim, cara. Você está sendo mujito presunçoso.
Ontem o Santos pensava da mesma forma, e um time que corre o risco de cair pra segunda divisão do campeonato alagoano, brocou em plena Vila Belmiro.
Agurade o jogo com o Fluminense, por mais fácil que seja passar por esta fase semifinal. Mas aguarde.
Ademais, você parece que está com mania de perseguição. Isto tem um nome....
Muto cuidado.

Marcão Tricolor disse...

Anônimo você está certo com relação à respeitar e esperar o jogo com o fluminense. Não quis desprezar o próximo jogo. Peço desculpas se no afã de alertar, não tenha demonstrado o devido respeito para com o Fluminense. Realmente tudo pode acontecer numa partida, inclusive o atletico eliminar o vitoria...

No entanto é muito provável que Bahia e vitoria se classifiquem, e com isso teremos bavi.

O objetivo não era menosprezar mas sim alertar quanto à sucessão de acontecimentos neste campeonato baiano (pressão sobre juízes, suspensão de ávine, bombas da imprensa...).

Fica a pergunta: Se o Bahia pedisse pra transferir esse jogo, e o povo do vitoria e seus aliados batessem o pé que não, a federação iria transferir? Porquê transferir os dois jogos se o problema acontecia somente no manoel barradas? É para que um time não descanse mais que o outro nas finais?

Infelizmente o que noto é uma sucessão de indícios, sempre apontando para um beneficiamento rubro-negro...

Temos que alertar a diretoria para que esses "possíveis beneficiamentos" não terminem por dificultar (como já estão), as coisas pro Bahia.

Anônimo disse...

Isso parece conversa de comadre trocando receita de bolo de fubà. Vamos ver depois da final BA X VI. E o bocão recebeu algum, profissionalmente falando? Pois hà tabela com preço do serviço, dizem as màs linguas da praça de Salvador, onde hà muito comércio e comerciantes, como dizia o outro boca, o boca do inferno.

Anônimo disse...

DIRETAS JA! ABAIXO O COLEGIO ELEITORAL. PARA PRESIDENTE NINHA.