segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

DUCHA DE ÁGUA FRIA



Amigos Tricolores,

A Nação Tricolor está decepcionada, triste e revoltada. As notícias de que o primeiro jogo do Bahia no Baianão ainda não será em Salvador e de que a capacidade do estádio de Pituaçu foi reduzida para 16.000 lugares foram terríveis e abateram até o mais empolgado torcedor do Bahia.

A CONDER, responsável pela reforma e ampliação do estádio, não executou por completo as obras que estavam previstas no entorno do equipamento esportivo, motivo este que gerou a mudança que tanto frustrou o público. Tecnicamente falando, não se pode ir de encontro à essa decisão da Prefeitura de Salvador... Porém, um questionamento pode e deve ser feito: será que a análise não está sendo muito rigorosa?
O que acontece na Paralela em dias de shows no Parque de Exposições com um público de 40.000 pessoas? E quando o Estádio Manuel Barradas recebe um público de mais de 30.000 pessoas (é uma vez na vida, mas acontece!). E a falecida Fonte Nova, que acomodava 60.000 pessoas em uma área sem a menor infra-estrutura para tal situação?
Se a questão é de segurança, não importa se o equipamento já existe há muito tempo, não deveria funcionar sem as condições ideais... Aliás, de acordo com as EXIGÊNCIAS RIGOROSAS da SUCOM, a própria Sede do Orgão da Prefeitura, que funciona na Avenida Bonocô, não atende, nem de longe, os mínimos parâmetros exigidos, tais como vagas de estacionamento, acessibilidade para pessoas com deficiência física, combate a incêndio, etc.
Além disso, temos a questão política e a parte mais fraca é sempre o torcedor... Porque essa discussão não veio a tona há mais tempo? A obra se arrastou durante todo o ano de 2008 e apenas há poucos dias da re-inauguração é que houve um pronunciamento nesse sentido. Qual é o intuito disso? Massacrar o torcedor do Bahia ainda mais????!!!!!! É difícil não enxergar dessa forma...
A Torcida organizada BAMOR já prometeu um grande protesto em frente à Prefeitura... e com certeza terá o apoio de toda a imensa torcida do Esporte Clube Bahia...

19 comentários:

Nildo Requião disse...

A Sucom e a Conder, deveriam parar de inventar xurumelas. Quem não sabe que esta decisão do órgão municipal é perseguição política? Agora o Sr. Geddel tá com a faca e o queijo nas mãos para poder azucrinar qualquer assunto que possa meter o seu bedelho perante as decisões do Estado quando de qualquer obra que aconteça na capital.
Galera, vamos abrir os olhos. Pituaço é só a ponta do iceberg.

Anônimo disse...

Apoiado euclides, vamos pra sede do governador jaques Wagner dar xilique, porque a culpa é toda dele obra sem licitação, mal projetada, fora jaques wagner

tricolor retado disse...

Uma esculhambação total.

Anônimo disse...

Rapaz...será que ninguém está observando a tamanha perseguição? Muita tempestade em copo dágua.

Só quero afirmar que futebol é um evento como qualquer outro.

Em todo evento os policiais são responsáveis pela segurança, a set pelos veículos, e assim por diante.

Tiago Enrique disse...

Pois é.

Anderson Oliveira disse...

Tenho certeza de

Anderson Oliveira disse...

Tenho certeza de que o "TRICOLOR" Governador Jaques Wagner não tem nenhuma relação com o atraso na construção da passarela de Pituaço. Mas sim, o canalhocrata do Geddel (que é rubro-negro) quer atrasar, retardar, quiçá impedir a reascenção do ESQUADRÃO DE AÇO. FDP miserável esse rolha de poço!!

Anônimo disse...

Euclides, vamos clamar a torcida tricolor para todos ir ao estadio no dia da inaguração, mesmo os que não tiver ingresso e fazer uma grande concentração as procimedades do estadio, e aí eles veram a força da na ção tricolor e saberá que não adiantará nada para barrar a torcida mais querida do Brasil. e provar que ha condiçoes sim de colocar capacidade maxima.

Fica a sugestão..

Saudações tricolor.

odilon disse...

Só uma correção:

Jacques Wagner é tricolor, sim. Só que carioca. Essa história de que torce pro Bahia é pura conversa.

E Geddel não é Vitória, mas sim Bahia. Faz parte do conselho tricolor, inclusive.

Só um débil mental não consegue enxergar que ambos estão usando essa história com a mesma finalidade: atingir politicamente o outro. E ainda tem idiota que fica defendendo um ou o outro...

Anônimo disse...

Acho que temos que manter a calma e o bom senso pois se ocorrer qualquer problema relacionado ao evento no estádio ou fora dele com certeza serão objeto de polêmica ou até embargo do estádio por parte do famoso "Ministério Público" o mais importante é que antes do brasileiro com certeza o estádio será inaugurado.

santanas disse...

Odilon , vc se acha melhor do que o carioca em que, vai tomar banho pois o nosso clube não é só feito de baianos , respeite os brasileiros e deixe de lado o preconceito e vamos ter um BAHIA COM TODOS OS POVOS DESSA NAÇÃO E VC VÁ PRO INFERNO SEU odilon...........

odilon disse...

Preconceito?

Enquanto vc me manda ao inferno, eu te mando ir ao Sudeste vestido com uma camisa do Bahia pra de fato entender o que é preconceito...

Por isso que o time não sai de onde está... a ignorância de algumas pessoas aparentemente nos manterá por anos a fio onde estamos... é uma pena...

Euclides Almeida disse...

Eu acredito em briga política sim. Wágner e Geddel estão brigando igual cão e gato.

santana disse...

Euclides eu sou SÂO PAULINO , admiro o talento musical e singular do baiano pois sou filho de soteropolitano mais não admito esse tipo de preconceito,com os povos de outros locais, assim como recebemos o PAULO CARNEIRO independente dele ser rubfo negro ele é um profissional e quem deixou o BAHIA nesta situação foram eles que dizem que o AMAM ,imagine se eles não o ama-se o que seria o BAHIA hoje,por devemos estar unido por um BAHIA forte assim como estanos tendo um SEMPRE BAHIA sem preconceitos e grandioso para o crescimento do nosso futebol....

santana disse...

Euclides eu sou SÂO PAULINO , admiro o talento musical e singular do baiano pois sou filho de soteropolitano mais não admito esse tipo de preconceito,com os povos de outros locais, assim como recebemos o PAULO CARNEIRO independente dele ser rubfo negro ele é um profissional e quem deixou o BAHIA nesta situação foram eles que dizem que o AMAM ,imagine se eles não o ama-se o que seria o BAHIA hoje,por devemos estar unido por um BAHIA forte assim como estanos tendo um SEMPRE BAHIA sem preconceitos e grandioso para o crescimento do nosso futebol....

Euclides Almeida disse...

Obviamente não podemos concordar com preconceito, até porque eu sou paulistano... isso mesmo, nasci em São Paulo.
Porém, minha família é toda de Ilhéus e eu moro em Salvador desde pequenininho. Não tenho raiz alguma com Sampa e me considero completamente soteropolitano. Adoro Carnaval, Axé, Olodum, Acarajé e... sou Bahêa pra caralho, minha porra!!!!

Anônimo disse...

Virou uma grande esculambação a inauguração do "futuro" estádio Prof. Roberto Santos, Pituacu. Cadê as autoridades? Acorda governador!!!!!

Anônimo disse...

Santana ou Satanas?

santana disse...

Como queira ,saia do seu anonimato pois acho q vc ainda está debaixo da saia de sua mamãe ou é uma bicha encubada.........e eu tenho minha indentificação, seu vitorinha vai sentir esse ano ............