domingo, 14 de dezembro de 2008

EXEMPLO A SER SEGUIDO



O Internacional de Porto Alegre deu mais uma enorme demonstração de que a democracia e o futebol podem fazer uma combinação perfeita. Nesse sábado, dia 13 de dezembro, aconteceram ELEIÇÕES DIRETAS no clube gaúcho, onde os sócios puderam escolher o presidente do clube.


Foto: Site oficial do Internacional

Parecia dia de jogo no Beira-Rio, onde 7.473 sócios formaram longas filas e puderam exercer seu dirito de definir os rumos do clube. Como prêmio, os votantes ainda tiveram a oportunidade de pisar no gramado do estádio para fazerem fotos no local onde o time gaúcho alcançou grandes conquistas.


Sócios entram em campo / Foto: Site oficial do Internacional

O atual presidente VITÓRIO PIFFERO foi reeleito para o biênio 2009-2010 com 6.793 votos (91,51%) contra 630 votos (8,49%) de Cláudio Bier. Os sócios puderam eleger também os 150 novos membros do Conselho Deliberativo através de eleições proporcionais, onde cada chapa colocou o número de conselheiros correspondente ao número de votos recebidos.


Presidente re-eleito / Foto: Site oficial do Internacional

As eleições contaram com o apoio do TRE que cedeu 30 urnas eletrônicas, além da logística para a divulgação do resultado em menos de duas horas após a votação, que aconteceu também em mais oito cidades do interior do Rio Grande do Sul.

Enquanto isso...
Na capital baiana, há três dias atrás, outro grande clube com enorme torcida também elegeu seu presidente, porém com apenas 201 votantes... e através de ELEIÇÕES INDIRETAS marcadas por diversas irregularidades.
Será que essa diferença explica alguma coisa?

4 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns ao Internacional. A prova de que esse é o caminho é o crescimento do clube nos últimos anos, conquistando Mundial, Libertadores, Sulamericana, etc.

Anônimo disse...

ô inveja

Ricardo disse...

Se não me engano, o inter ja tem mais de 50.000 socios

Anônimo disse...

Antes de ter essa quantidade de sócios, eles passaram por grandes dificuldades, estiveram pra cair pra série B, se não me engano em 1999 e em 2002...
Hoje em dia somente com os sócios eles conseguem arrecadar cerca de R$ 2 milhões, enquanto que aqui os "dirigentes" dispensam a torcida... Acredito que se colocassemos estudantes de MKT de alguma faculdade da cidade, o clube teria melhores resultados nas suas campanhas de marketing...